Alberi Dias propõe Projeto de Lei para transporte integral de universitários

Publicado em 

Há anos em Canela se tem a promessa de que o transporte, que é utilizado pela comunidade canelense para se deslocar até outras cidades com universidades, será bancado de forma integral pelo Poder Executivo. Dessa forma, essa atitude se torna até manobra para campanhas eleitorais e quem sofre com isso é a comunidade e os adolescentes e adultos que comparecem as universidades.  

Vendo esta situação, o Presidente do Legislativo canelense, Alberi Dias, redigiu um Projeto de Lei Sugestão para que o valor do custo do transporte seja 100%  pago pelo Poder Público. Se o projeto for absorvido pelo Poder Executivo, ele volta para a Câmara como Projeto de Lei e ai sim vai a votação para conceder o benefício aos universitários.

O ensino médio já não é tido como suficiente para a qualificação do trabalhador, logo o ensino médio vem a ser apenas um passo inicial. A busca por uma total qualificação do indivíduo que almeja as melhores colocações no mercado de trabalho passa obrigatoriamente pelo ensino superior.

"O número de desempregados que concluíram uma graduação é menor em relação às pessoas sem formação superior. Sem contar que os  profissionais com o ensino superior ocupam cargos mais altos nas empresas recebendo salários superiores. Dessa forma percebemos que um diploma no ensino superior pode trazer grandes vantagens e oportunidades, além de qualificar a mão de obra em nossa cidade", lembra Alberi Dias.

As associações que representam os estudantes de entidades de Ensino Superior no Vale do Paranhana e Região Metropolitana reclamaram anualmente da forma e do valor repassado pela Prefeitura de Canela para auxílio no transporte universitário. Nas reivindicações, sempre constam o valor, cerca de 70% do custo do transporte, e o fato de não ser pago no início do ano letivo.

VALORES

Secretaria de Educação disse que os valores repassados neste ano são: Faccat – R$ 118.076,00; Feevale – R$ 306.421,50; Unisinos – R$ 173.250,00; Ulbra – R$ 60.637,00 (o valor da Feevale é mais alto devido a associação ter assumido todo o transporte diurno, atendendo também universitários da Ulbra e da Unisinos).